O seu sorriso é a distância fluida, a subtileza do ar. [1]

Agora que se aproxima o Dia Internacional da Mulher [ 8 de Março ] abrimos o espaço “O seu sorriso é a distância fluida, a subtileza do ar.” [in A Mulher, poema de Ramos Rosa].

Sofia de Mello Breyner é a primeira das mulheres que queremos referenciar.
Em Novembro faria 90 anos. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da Língua Portuguesa, o Prémio Camões, há precisamente 10 anos.
Deixamos como homenagem, naturalmente singela, o seu poema Liberdade:



Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual