O Crepúsculo...Crítica

por
Ana Duarte, nº1, 10ºCT2

Crepúsculo (Twiligt, na versão original) é um filme que, em 2008, foi adaptado para o cinema por Melissa Resenberg do primeiro livro da saga Luz e Escuridão (são, ao todo, quatro: Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse e Amanhecer, de Stephanie Meyer. Esta saga, relata a forma como coabitam humanos e vampiros e o amor entre estas duas espécies.
O filme relata-nos o momento em que Isabella Swan (ou Bella) se muda para Forks, para junto do pai. Na nova escola, é bem recebida por todos, excepto por um rapaz, Edward Cullen, que exerce um poderosíssimo fascínio sobre ela.
Semanas volvidas e, aos terem criado uma espécie de amizade, apercebendo-se da sua excentricidade, Bella confronta-o, questionando-o sobre as suas atitudes, sem obter resposta. Fazendo uma pesquisa no motor de busca Google, descobre, revendo todas as suas características (muita velocidade e força, pele fria, olhos que mudam de cor e não tem necessidade de se alimentar), que Edward é um vampiro. Voltando a conversar, este conta-lhe que a sua família é uma espécie de “vampiros vegetarianos”, ou seja, bebem apenas sangue animal e não humano. A partir de então, vivem o amor que sentem um pelo outro e enfrentam os obstáculos que se lhe põem, como vampiros que anseiam pelo sangue de Bella.
No filme, Bella Swan e Edward Cullen são interpretados, brilhantemente, por Kristen Stwart e Robert Pattinson, respectivamente. Tal como os actores, a banda sonora e os espaços onde decorre a acção foram muitíssimo bem escolhidos, criando um ambiente de misticismo que envolve os espectadores, como se estes fossem também personagens participantes na história.
Ao ver este filme, apercebi-me de que as críticas positivas que ouvira sobre o mesmo tinham fundamento. É, sem dúvida, um filme a que vale a pena assistir. Afinal, Crepúsculo foi um êxito entre os jovens e trouxe de novo à baila as histórias vampirescas…

Comentários

Anónimo disse…
Apesar de não gostar deste tipo de filme e de ainda não o ter visto, é notável a maneira como atraiu tantos jovens e pessoas de outras faixas etárias. É um filme que se concentra numa história irreal, contudo atraente e apaixonante.

Eunice Martins, nº9, 10ºCT2
Renato Martins disse…
Gostei da Critica feita pela Ana, acho que realça os aspectos mais importantes do filme, embora não goste deste tipo de filmes por evolver muito romance parece ser uma boa produção.
Ana Nunes disse…
A crítica está bem elaborada, vi o filme recentemente e adorei, também já visualizei o segundo e devo dizer que também é muito bom (claro, para quem gosta deste tipo de filmes).
A autora da crítica realça os aspectos mais interessantes do filme e concordo inteiramente com a seu ponto de vista crítico.
Rui Infante disse…
Primeiro de tudo, gostei da crítica da Ana, dado que resume bem o livro e os seus pontos fortes. Contudo, não sou totalmente da mesma opinião. Já vi o filme e posso dizer que não foi dos meus favoritos, mas também não posso dizer que não gostei. Acho que é agradável para passar tempo, e a história é interessante, mas não do meu agrado, daí não me ter surpreendido muito. Acredito que para muitos a saga seja fantástica, porque não é por mero acaso que vendeu milhões de cópias. Também, gostava de salientar a boa prestação dos actores neste filme, que agora são muito famosos, mas com mérito.
Anónimo disse…
Admito que já vi filme 'Crepúsculo' vezes sem conta e sinceramente ainda não me fartei.
A crítica da Ana está completamente de acordo com a minha opinião sobre o filme, apesar de achar que este poderia ter sido muito melhor - em comparação com o livro. Apesar disso, a realizadora fez indiscutivelmente um óptimo trabalho na escolha do elenco e captou muito bem o essencial da história.
Sofia Fernandes, 10ºCT2
Pedro Bento disse…
Acho que a critica está muito bem feita, apesar de não gostar deste tipo de filmes.
Pedro Bento disse…
Acho que a critica está muito bem feita, apesar de não gostar deste tipo de filmes.
Fábio Brás Nº10 CT2 disse…
O filme retrata e como bem disse a autora da critica, uma historia de amor entre um vampiro e uma humana, e é talvez isso que torna o filme tão fascinante.
Em comparação com o livro editado pela autora, Stephenie Meyer,acho que o filme não é nada de especial, pois cortam muitas cenas, mas mesmo assim não desgostei do filme embora o livro seja muito melhor.
Ana Sofia Pacheco disse…
Eu já vi este filme e acho que a critica da Ana está boa. Acho que conseguiu descrever as partes mais importantes e elaborar uma boa opinião.
Gostei muito deste filme, acho que quem ainda não viu deveria de ver, mesmo que não goste pois é uma boa história e tem muito interesse.
Anónimo disse…
Na minha opinião a crítica feita pela Ana ao filme vai muito ao encontro da minha opinião, pois ela realça os tópicos mais importantes do filme. Vi o filme á pouco tempo e tenho de admitir que adorei..
Catarina Reis, 10ºCT2
Anónimo disse…
Nunca tive interesse em ver o filme, mas ao ler a critica feita pela colega despertou-me a curiosidade de o ver!
Em relação a maneira como a Ana fez a critica, na minha opinião, esta bem estruturada, visto que realça as partes mais importantes.
Flavia Carvalho, 10ºCT2
Andreia Creado disse…
Eu acho que a critica da Ana realça os aspectos mais importantes do filme.
Eu ja vi o filme e gostei muito.
rawcru disse…
Pessoalmente não gosto deste tipo de filmes, portanto não o vi. Pelas críticas e trailers do filme acho que podia ser melhor e a história não me parece envolvente.

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual