Dia Internacional da Língua Materna [2]

Na sala APA decorreu com entusiasmo a tertúlia sobre Mia Couto. Esta actividade inserida na semana dedicada à Língua Materna contou com a presença de alunos e professores e, à semelhança de outras tertúlias já realizadas, deixa antever o sucesso das que ainda se irão concretrizar.

Comentários

Anónimo disse…
Uma tertúlia bastante interessante. Espero que façam mais deste tipo.

Marta Reis, 10ºLH2
Anónimo disse…
Eu gostei bastante desta tertúlia. Já tinha ido a outra realizada à algum tempo e esta não me desiludiu.
Não conhecia muito da obra de Mia Couto e apeteceu-me imenso ler qualquer livro/conto dele. Vou começar já hoje a ler "A varanda de Frangipani", pois fiquei entusiasmada para ler algo dele.
Na minha opinião, esta tertúlia foi bastante motivante para eu me dedicar à leitura de um escritor, que estou prestes a descobrir!

Ana Melo - 10ºLH1
Anónimo disse…
Nunca tinha participado numa tertúlia deste género e devo, desde já, dizer que me surpreendeu (pela positiva) a quantidade de temas abordados. Foram cerca de duas horas em que foram discutidos os mais diversos assuntos desde o Novo Acordo Ortográfico aos papéis do homem e da mulher nas tarefas domésticas.

No entanto, falou-se, sobretudo, de Mia Couto. Até hoje, não li qualquer livro deste autor mas, sem dúvida, esta tertúlia motivou-me bastante para o vir a fazer! Não tinha a mínima percepção do estilo de escrita de Mia Couto mas fiquei bastante impressionado com o realismo mágico e neologismos presentes nalguns contos abordados.

Posso, por fim, afirmar que a tertúlia foi bem conseguida e deve-se, portanto, proceder à realização de outras.

Diogo Cerdeira - 10ºLH1

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual