Comer com conta, peso e medida [1]


Agora que o Natal se aproxima a passos largos não queríamos deixar de incluir nas nossas recomendações de leitura algumas publicações ligadas ao nosso património culinário, pois a identidade de um povo passa pela preservação da sua cultura, das suas tradições. Reconhecemos que hesitámos em iniciar este tema considerando a possibilidade podermos ser acusados de promover uma alimentação pouco saudável. Não é essa nossa intenção!
“Ter hábitos alimentares saudáveis não significa fazer uma alimentação restritiva ou monótona. Pelo contrário, um dos pilares fundamentais para uma alimentação saudável é a variedade. Quanto mais variada for a sua selecção alimentar, melhor! Diferentes alimentos contribuem com diferentes nutrientes o que, potencialmente, enriquece o dia alimentar de cada pessoa.
Ao optar por hábitos alimentares mais saudáveis, não tem que abdicar daqueles alimentos menos saudáveis de que tanto gosta. O importante é que o consumo desses alimentos constitua a excepção e não a regra do seu dia a dia alimentar.”
In: Princípios para uma Alimentação Saudável [DGS, 2005]
Importa que conservemos o discernimento e saibamos escolher dentro dos alimentos aqueles que mais nos agradam, comendo de tudo, mas: com conta, peso e medida.
A nossa primeira recomendação vai para este livro: Queijadas de Sintra: história de um doce regional / Raquel Moreira.
Na biblioteca com nº de registo 13849

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual