Na escola falou-se sobre o Senegal...























.
Como dissemos há dois dias atrás, na biblioteca, Djeregueye, natural do Senegal e residente no Fundão, encontrou-se com cerca de 60 alunos para falar sobre a sua terra natal.
A plateia manteve-se colada a cada frase, a cada gesto do convidado do grupo de francês da escola, nos cerca de noventa minutos em que falou sobre o seu país, a sua cidade, os custumes e as tradições.
A empatia entre os alunos e o orador tornou-se evidente desde o primeiro minuto e, por isso, as questões sucederam-se e as respostas surgiram prontas numa linguagem simples e cativante.
No final, à volta de uma mesa com frutos frescos e frutos secos, bebeu-se chá de menta.
Obrigado pela lição, Djeregueye.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual