1º de Abril, dia das mentiras...


O 1º de Abril é um dia especial na justa medida em que temos dúvida acerca da veracidade das notícias que são veiculadas pela comunicação social, pois institucionalizou-se como o dia da mentira ou dia dos tolos.

É uma boa oportunidade para brincar um pouco [afastando-nos dos dias tão cinzentos que vamos vivenciando] e para pregar umas partidas aos outros mas com a firme preocupação de não magoar ninguém.

São várias as explicações para se assinalar o 1º de Abril como o dia das mentiras, mas como o grupo de francês da escola resolveu relevar este dia deixamos a seguinte:

Na França, a entrada do ano coincidia com a festa que assinalava a chegada da Primavera. Os festejos decorriam entre 25 de Março e 1 de Abril. Em 1564, o rei Carlos IX aceitou o calendário gregoriano e o primeiro dia do ano passou a ser 1 de Janeiro.

Acontece que alguns persistiram em celebrar o ano novo em Abril. Como se trocavam prendas começaram a mimosear-se os que insistiam em considerar 1 de Abril como dia de ano novo com presentes com alguma graça!

No átrio da entrada está uma exposição que assinala o dia.

É verdade. Há mesmo uma exposição que merece a pena apreciar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual