Acordo ortográfico: o que é que muda ? [1]

Com este primeiro post iniciamos uma série de entradas, que terá a frequência de duas vezes por semana, sobre o novo acordo ortográfico.
O Acordo Ortográfico só estabelece a grafia de palavras, a maneira como se escrevem. Não muda pronúncias ou significados, não cria nem elimina palavras, não estabelece regras de sintaxe.
Com o acordo ortográfico a grafia das palavras passa a ser regulamentada nos países de língua portuguesa por uma única norma. Não unifica totalmente a ortografia da língua. Faz a unificação possível, eliminando divergências injustificadas.
Apresentamos duas das principais alterações introduzidas pelo acordo:

1. No Brasil a eliminação do trema, passando palavras como agüentar, lingüiça, freqüente e tranqüilo a escrever-se aguentar, linguiça, frequente e tranquilo

2. Nos outros países a eliminação de cês e pês não pronunciados, como os das palavras director, acção, protecção, baptismo, adoptar e excepção, as quais passam a escrever-se diretor, ação, proteção, batismo, adotar e exceção.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual