José Mariano Gago, o físico que marcou uma geração

Deixou de estar entre nós, fisicamente, José Mariano Gago.
Não é um lugar comum afirmar que com o desaparecimento de José Mariano Gago o país ficou mais pobre, ficou de facto e tal traduzir-se-á numa perda dificilmente substituível. Tivemos o privilégio de estar com ele algumas vezes, a última quando o recebemos na nossa biblioteca num colóquio que marcou o encerramento das comemorações do Ano Mundial da Física, estávamos em novembro de 2005. Ficará para sempre retido na nossa memória o interesse, aquele brilhozinho nos olhos, que manifestava pela investigação científica e em particular quando eram os jovens a realizá-la. Singelamente, prestamos homenagem a este vulto enorme da cultura portuguesa em geral e das ciências em particular, permitindo-nos publicar três fotografias que registam a sua vinda à Escola em 1998,no âmbito do programa Ciência Viva e que elevou de forma indesmentível. Obrigado professor e até sempre!

 

Comentários

Anónimo disse…
Mariano Gago foi um visionário que quis o melhor para todas as gerações de jovens. E o melhor era tirá-los da apatia pela aquisição de conhecimentos, era torná-los os motores desta sociedade que somos todos nós.

Mensagens populares deste blogue

A importância de ciência no mundo atual